Confessionário: Platônico

“Olhar suas fotos e imaginar você aqui… […]  E se perder no meio de uma ilusão, e não querer sair dessa confusão… […] Platônico, até pode ser, não é normal o que eu sinto por você…”

A música tocava no rádio e eu só conseguia pensar em uma coisa: No dia em que eu poderia finalmente te tocar, ou simplesmente te admirar de longe por enquanto que você canta mais uma de suas composições para aquela multidão enlouquecida que gritava teu nome como num coro. Loucura? Talvez, afinal não é lá muito normal passar horas e horas imaginando encontros, cenas daquelas dignas de filmes românticos na qual nós eramos os personagens principais…

” […] E eu espero por você, o tempo que for…”

Me chamaria de louca se eu dissesse que passei horas na frente do telefone pensando se ligava ou não para aquele numero que supostamente era seu? E que passei dias pesquisando em listas telefônicas e sites na internet teu número? E se eu dissesse que com isso acabei descobrindo sua árvore genealógica e que seu tataravô se chama **** ? Que já procurei apartamentos próximos ao seu para eu morar, para que assim quando eu fosse a padaria poder trombar com você e assim ficaríamos perdidamente apaixonados um pelo outro?

“Com medo de não acontecer, mas eu estarei aqui (até o fim)… Eu estarei aqui…”

Já fiz inúmeras músicas e poemas para ti. Já xinguei tuas namoradas por pensamento, já rabisquei a cara delas nas revistas de fofocas… Sei da tua cor preferida e das tuas manias, sei também que lá no fundo, fomos feitos um para o outro. Pois mesmo que nunca tenhamos nos visto conheço tuas falhas, sei dos teus defeitos e gosto de ti mesmo assim… E tenho como argumento para que justificar o motivo pelo qual sou tão convicta de que sou perfeita pra você, um recorte de revista aonde você descreve “a namorada perfeita”, e olha que coincidência não é que eu me enquadro perfeitamente nos seus pré-requisitos?!

“Platônico, até pode ser… Platônico, mais do que eu deveria sentir….. […] Mais do que eu deveria, sentir… mais o que eu deveria…”

Anúncios
Publicado em Confessionário por Liz Santos. Marque Link Permanente.

Sobre Liz Santos

Liz Santos, 16 anos, libriana, nascida em campinas –sp . Apaixonada por laços, caveiras, fotografias, livros, moda, skate, livros, chocolates, balas e cupcake. Um projeto de escritora, amo escrever – mesmo que as vezes só saiam besteiras -, futura jornalista e com uma mania super incontrolável de hipérboles. ADORO desenhos animados - em especial Os Simpsons e Bob Esponja -. Louca pela Avril Lavigne e os meninos do ATL *u*. Meu livro preferido desde o mês passado é A Ultima Música. Ficar horas na internet é meu hobby - seguido logo depois de dormir e comer -. Gosto de músicas dançantes e coisas que me façam rir. Valorizo cada pequeno detalhe da vida. Adoro pandas - meu sonho é encontrar um panda anão pra trazer pra casa*u* - e series como Two and a Half Man e Gossip Girl. Criei o Sonhos de Uma Manhã, no dia 5 de setembro de 2012, como uma distração pra ocupar minhas horas vagas e para poder dividir minhas histórias, dicas e meu amor por moda e escrever . Eu sempre tive vontade de ter um blog, e de um tempo pra cá essa vontade aumentou, mas eu tinha medo de não dar certo e blábláblá. Ai, tomei vergonha na cara e criei coragem pra por esse sonho em prática. Adoro postar todos os dias aqui e tenho minhas leitoras como amigas, que me fazem um bem danado quando eu entro aqui todos os dias e vejo quanta gente, de tantos lugares diferentes até mesmo do mundo lêem diariamente o que eu escrevo. E sinceramente? Isso é muito gratificante. E se tem uma coisa que eu me arrependo até hoje é de não ter criado esse blog antes.

Uma resposta em “Confessionário: Platônico

Deixe Seu Comentário Sobre o Post... (:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s